Sinopse
Peter Guillam, fiel colega e discípulo de George Smiley nos Serviços Secretos britânicos, também conhecidos por Circus, goza a reforma na sua propriedade de família, na costa sul da Bretanha, quando uma carta do seu antigo Serviço o convoca a Londres. Razão? O seu passado durante a Guerra Fria voltou para o reclamar.
Operações de informações que antigamente eram a menina dos olhos da Londres secreta, e que envolveram personagens como Alec Leamas, Jim Prideaux, George Smiley e o próprio Peter Guillam, vão ser escrutinadas por uma geração que não tem memória da Guerra Fria, nem paciência para as suas justificações. Alguém tem de pagar pelo sangue inocente outrora derramado em nome do bem geral.
Entrelaçando o passado com o presente de modo a que um e outro possam contar a sua própria história, John le Carré teceu um romance com um enredo tão engenhoso e impressionante quanto os dois predecessores para os quais remete: O Espião Que Saiu do Frio e A Toupeira. Numa história repleta de tensão, humor e ambivalência moral, le Carré e o seu narrador Peter Guillam presenteiam-nos com um legado de personagens inesquecíveis, velhas e novas. 
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789722063791
  • ISBN do Ebook: 9789722063920
  • Editora: DOM QUIXOTE
  • Ano de Edição / Impressão: 2017
  • Dimensões: 235 x 156 x 21 mm
  • Páginas: 304

BOOKTRAILER

O autor
John le Carré nasceu em 1931. No decurso de seis décadas, escreveu romances que acabam por definir a nossa época. Filho de um vigarista, passou a infância entre um colégio interno e o submundo londrino. Aos dezasseis anos encontrou refúgio na Universidade de Berna e mais tarde em Oxford. Um breve período de docência em Eton levou-o a uma curta carreira no Serviço de Informações britânico (MI5 e MI6).
Publicou o seu romance de estreia, Chamada para o Morto, em 1961, ainda como funcionário dos serviços secretos. O seu terceiro romance, O Espião Que Saiu do Frio, assegurou-lhe fama mundial, mais tarde consolidada pela boa aceitação obtida pela sua trilogia A Toupeira, O Ilustre Colegial e A Gente de Smiley.
No final da Guerra Fria, le Carré alargou o âmbito da sua temática explorando um panorama internacional que abrange o tráfico de armas e a Guerra contra o Terrorismo. As suas memórias, O Túnel de Pombos, foram publicadas em 2016 e o último romance em que aparece George Smiley, Um Legado de Espiões, foi dado à estampa em 2017. Morreu a 12 de Dezembro de 2020.
Ler mais Ler menos