Sinopse
Será o Guernica, tal como o conhecemos, o verdadeiro quadro que Picasso pintou?
Na primavera de 1937, Espanha está em guerra civil. Porém, longe dos campos de batalha também se luta, ainda que na sombra. Lorenzo Falcó tem a seu cargo uma missão dupla, desta feita em Paris: desacreditar o herói comunista Leo Bayard perante os seus camaradas soviéticos, e evitar a todo o custo que o quadro que Picasso está a pintar seja exibido na Exposição Universal de Paris.
Embora soprem já os ventos da guerra que assolará a Europa, a música continua a tocar; e a arte, os negócios e a vida social ocupam os intelectuais, os refugiados e os ativistas. 
 Acostumado ao perigo e à ação, Falcó move-se agora num mundo em que a luta é ideológica. É um mundo que lhe é estranho e no qual terá de recorrer aos seus métodos muito próprios.
Mestre do politicamente incorreto, Pérez-Reverte termina com Sabotagem a trilogia protagonizada pelo anti-herói Falcó. E volta a brindar-nos com um belíssimo romance de espionagem. Um retrato fiel da época pleno de diálogos mordazes, situações rocambolescas e aventuras trepidantes.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789892345789
  • Editora: ASA
  • Ano de Edição / Impressão: 2019
  • Dimensões: 236 x 156 x 22 mm
  • Páginas: 336
O autor
Arturo Pérez-Reverte nasceu em Cartagena (Espanha), em 1951. Após uma longa carreira como jornalista, nomeadamente como repórter de guerra – nesta qualidade, cobriu os conflitos internacionais mais relevantes entre 1973 e 1994 -, dedicou-se exclusivamente à escrita.
É atualmente o autor espanhol mais lido no mundo, estando já traduzido em 40 idiomas.
É autor de uma extensa obra, com frequência adaptada ao cinema. Desde 2003 é membro da Real Academia Espanhola.
Ler mais Ler menos