O Visconde Cortado ao Meio

Brinde
letras_leya
15
Letras

O Visconde Cortado ao Meio

Livro recomendado PNL2027 dos 12-14 anos - leitura fluente

Na guerra entre a Áustria e a Turquia de 1716, o visconde Medardo de Terralba é atingido no peito por uma bala de um canhão turco, e o que regressa a casa é apenas uma metade sua.
Este início cruel desencadeia uma fábula cadenciada como um bailado, na qual em redor do meio-visconde se movimentam e afadigam indivíduos mais reduzidos a metade do que ele: o doutor Trelawney, cuja ciência negligencia os seres humanos, o carpinteiro Pedro Prego, que constrói engenhos admiráveis tentando não pensar que são forcas, o moralismo abstrato dos refugiados huguenotes, o hedonismo decadente do asilo de leprosos.
Uma história fantástica que é também uma reflexão alegórica da condição do homem contemporâneo, sempre «alienado», mutilado, incapaz de alcançar a integridade, a completude. As invenções de Calvino são sempre abertas a muitos significados, apesar de poderem ser apreciadas por si só. Exemplo claro disso é a trilogia fantástica Os Nossos Antepassados, que este Visconde Cortado ao Meio inicia; seguem-se-lhe O Barão Trepador e O Cavaleiro Inexistente.
Ler mais
Metas Curriculares
Metas Curriculares
€ 14,90
Na compra do livro leve também o eBook por apenas € 2,49
Comprar

eBook
€ 9,99
Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2015
Número Páginas / 160

Dimensões / 235 x 12 x 157 mm
ISBN / 9789722058070
Editora / DOM QUIXOTE
Promoções Ativas: Oferta de portes CTT48
Autor
Italo Calvino nasceu em Cuba, a 15 de outubro de 1923. Passou praticamente toda a sua vida em Itália, excetuando os treze anos em que viveu em Paris. Faleceu em Siena, a 19 de setembro de 1985. 
Calvino estudou em San Remo até aos 20 anos, ingressando então na Resistência contra o fascismo e a ocupação nazi, depois de aderir ao Partido Comunista, que abandonou em 1957. Terminada a Segunda Guerra Mundial, instalou-se em Turim, começando a trabalhar na Einaudi, que depressa se transformou numa das principais editoras italianas do pós-guerra. 
Já trabalhava como consultor literário quando concluiu a sua licenciatura em Letras. Com O Atalho dos Ninhos de Aranha (1947) – a que se seguiu, em 1949, Ultimo Viene il Corvo e, em 1952, O Visconde Cortado ao Meio, primeiro romance da sua trilogia fantástica Os Nossos Antepassados – deu início a uma surpreendente carreira literária, que viria a consagrá-lo como um dos maiores escritores italianos do século XX.