Sinopse

Eugénia de Meneses, neta do marquês de Marialva e nascida em Guimarães, foi, segundo uma crónica da época, uma mulher de tão triste destino. Depois de passar os anos mais felizes da sua infância no Brasil, volta a Portugal e, já adulta, é escolhida para dama da corte, onde conhece um amor impossível que a leva a optar pelo celibato. Bela, inteligente, culta, alegre e independente, Eugénia vê a sua vida tornar-se um pesadelo quando a impiedosa princesa Carlota Joaquina a acusa de um crime que não cometeu e D. João VI, «o rei clemente», não fez jus ao seu cognome perante a única mulher que amou. Baseando-se em factos reais, graças a cartas e documentos cedidos por várias famílias, Cristina Norton conta-nos neste romance comovente uma história abafada por ordem régia durante mais de duzentos anos.


Cristina Norton nasceu em 28 de Fevereiro de 1948, em Buenos Aires, Argentina, e reside em Portugal há mais de 30 anos. Estudou História da Civilização Francesa na Sorbonne, Belas-Artes na ESBAL e História de Arte na ESARES, cursos que deixou incompletos. A sua obra está publicada em Portugal, no Brasil, no Chile e em Espanha, e engloba a poesia, o romance e o conto.

Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789897410079
  • Editora: OFICINA DO LIVRO
  • Ano de Edição / Impressão: 2012
  • Dimensões: 156 x 234 x 24 mm
  • Páginas: 368
O autor
Cristina Kas Norton nasceu a 28 de Fevereiro de 1948, em Buenos Aires, Argentina, reside em Portugal há várias décadas e escreve em português.
A sua obra, que engloba poesia, romance e conto, está publicada em Portugal, no Brasil, no Chile e em Espanha. Destacam-se os romances O Afinador de Pianos (1997), O Lázaro do Porto (2000), O Segredo da Bastarda (2002), A Casa do Sal (2006), O Guardião de Livros (2010) e O Rapaz e o Pombo (2016), um dos três nomeados para o Prémio Autores da SPA. O seu livro de contos infantis O Barco de Chocolate recebeu o Prémio Adolfo Simões Müller. A Vida É Um Tango (contos, 2018) foi semifinalista do Prémio Oceanos e o conto «As Cinzas da Mãe», incluído neste livro, foi adaptado a televisão e transmitido na RTP1 em Janeiro de 2021. Recebeu, em 2016, o Prémio Reconhecimento Embaixada da Argentina pelo seu «destacado desempenho literário em Portugal», e, em 2020, a distinção Ad Femina Mundu do Prémio Femina Notáveis Mulheres.
Ler mais Ler menos