Sinopse
Na última noite de 1937, Katey desliza deslumbrante por entre nuvens de fumo num clube de jazz em Greenwich Village. Tem três dólares na carteira e está empenhada em fazê-los render até ao amanhecer. Não será preciso. Porque na mesa ao lado senta-se Tinker, um jovem banqueiro, aconchegado num extraordinário sobretudo de caxemira. E aquele encontro, naquela noite, define a vida de Katey. A remediada filha de emigrantes russos, que sobrevive a custo em Brooklyn, dirá ali adeus ao passado; e dará início a uma imparável escalada social.
As Regras da Cortesia é uma nostálgica revisitação da eufórica Nova Iorque dos anos 30 – uma cidade a recuperar da grande depressão com  banhos de champanhe, festas e cocktails. Narrada em flashback por uma protagonista que recorda, décadas mais tarde, aquele amor da juventude.

Primeira obra de Amor Towles (escreveria a seguir Um Gentleman em Moscovo), revela um autor nascido já em plena maturidade estilística. Encontramos aqui a mesma escrita rendilhada e elegante – e a mesma ternura na evocação de uma época de ouro, e de uma cidade e de uma mulher que se reinventam num tempo de promessas.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789722066693
  • Editora: DOM QUIXOTE
  • Ano de Edição / Impressão: 2019
  • Dimensões: 242 x 162 x 30 mm
  • Páginas: 408
O autor
Amor Towles é o autor de As Regras da Cortesia e de Um Gentleman em Moscovo. Os dois romances, ambos bestsellers do New York Times, estão traduzidos em mais de 30 línguas, venderam perto de cinco milhões de exemplares e foram incluídos nas listas de melhores livros do ano em dezenas de publicações. Paralelamente, o autor publicou contos na Paris Review, Granta e Vogue. Depois de trabalhar, durante mais de vinte anos, na banca de investimento, Towles dedica-se atualmente apenas à escrita. Vive em Manhattan com a mulher e os dois filhos.
Ler mais Ler menos