Sinopse

Excerto «Ela era famosa, ela era conhecida, ela era bonita, ela tinha um corpo magnífico. Porque não aproveitar aquele momento em que podiam estar perto dela e vê-la? Vê-la ao vivo, não como nos outros dias, mas vê-la mesmo ali ao lado deles, a dançar, encostada ao balcão e falar com ele, ou mesmo a caminho de algum lado. A deslizar, como ele dizia que andava. Raquel era «alguém», era uma «personagem», uma menina que o país adorava ver, todas as Quartas-feiras à noite, depois da telenovela. A televisão faz isto às pessoas. Torna-as impossíveis, pensou ele. Impossíveis para os outros. Odiava ser namorado dele, pensou. Adorava ser namorado dela, pensou.» Críticas de imprensa «Amor à Primeira Vista compromete-nos a todos - os que lemos jornais, vemos concursos de televisão, assistimos ao jogo e à corrupção na vida política. À primeira vista, de facto, trata-se de um thriller - onde são visíveis os traços de Portugal contemporâneo apreciados e comentados por personagens que vivem ao nosso lado. Uma apresentadora de televisão (que o leitor até pode identificar...) é o primeiro sinal de que estamos diante de um chamado efeito real. Depois seguem-se jornalistas, ministros e até falsificadores negociantes de arte.» Filipa Melo, Ler


Domingos Amaral é formado em Economia, pela Universidade Católica, onde é professor de Economia do Desporto (Sports Economics), tem também um mestrado em Relações Económicas Internacionais pela Universidade de Columbia, em NY.

Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789724620305
  • ISBN do Ebook: 9789895558902
  • Editora: CASA DAS LETRAS
  • Ano de Edição / Impressão: 2011
  • Dimensões: 235 x 155 x 17 mm
  • Páginas: 248

PROMOÇÕES ATIVAS

Livros para Celebrar o Amor - até 50% desconto
O autor

DOMINGOS FREITAS DO AMARAL nasceu a 12 de outubro de 1967, em Lisboa. É pai de quatro filhos, três raparigas e um rapaz. Formado em Economia pela Universidade Católica Portuguesa, onde é atualmente professor da disciplina de Economia do Desporto (Sports Economics), tem também um mestrado em Relações Económicas Internacionais, pela Universidade de Columbia, em Nova Iorque.
Durante muitos anos foi jornalista, primeiro no jornal O Independente, onde trabalhou durante 11 anos, tendo depois sido diretor das revistas Maxmen, por sete anos, e GQ, durante quatro anos. Além disso colaborou como cronista em diversos jornais e revistas, como Diário de Notícias, Diário Económico, Grande Reportagem, City, Grazia, Invista, Fortuna, Correio da Manhã e Record.
Tem doze romances publicados, todos na Casa das Letras. Atualmente, é administrador da Escola Ave Maria e comentador na SportTV.

Ler mais Ler menos