Sinopse
Valentim, Diana e Violeta seguem o professor Higgins até um castelo quase em ruínas numa zona remota e inacessível. Os aldeãos chamam-lhe, ainda, “o castelo de onde nunca se regressa”, pois quem lá ia, no passado, nunca mais voltava. Lá dentro, está o terceiro fragmento da “Luz de Merlin”, a pedra mágica que eles procuram, e também o Poço da Morte, que diziam não ter fundo e atravessar o mundo de um lado ao outro.
Entretanto, no Porto, Mil-Homens monta a sua próxima operação de caça aos vampiros: a Operação “Feliz Natal” (sim, estamos no Natal). Ele e Medronho adotaram a identidade de dois homens que iam pintar a fachada da casa dos Perestrelo. E lá vão eles, a assobiar. Será desta, talvez por ser Natal, que finalmente os vão caçar?
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789892335254
  • Editora: ASA
  • Ano de Edição / Impressão: 2016
  • Dimensões: 185 x 140 x 7 mm
  • Páginas: 112
Os autores
Álvaro Magalhães nasceu no Porto, em 1951.
A sua obra para crianças e jovens integra poesia, conto, ficção e textos dramáticos, repartindo-se por cerca de 70 títulos, que já cativaram mais de dois milhões de leitores. Foi várias vezes premiado pela Associação Portuguesa de Escritores e Ministério da Cultura.
Em 2002, o seu livro O Limpa-Palavras e Outros Poemas foi integrado na “Honour List” do Prémio Hans Christian Andersen. No mesmo ano, o livro Hipopóptimos – Uma História de Amor recebeu o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens.
Ler mais Ler menos