O Conto Dos Chineses

Coleção: Moinho de vento
letras_leya
14
Letras

O Conto Dos Chineses

Coleção: Moinho de vento

Livro recomendado PNL2027 dos 12-14 anos - leitura fluente

«À sesta deitado no fundo do telheiro, recordava ainda os chineses que o tinham visitado e, sem saber porquê, via-os cobertos de um brilho de ouro, vestidos com cabaias de dragões como os mágicos do circo.» Esta é a história de um homem, das suas filhas e de dois chineses. Juntos estabelecem uma relação de amizade, cumplicidade e partilha. As diferenças culturais desaparecem através da sensibilidade com que aquela inesperada amizade evolui. O Conto dos Chineses nasce da mestria narrativa de José Cardoso Pires, considerado um dos mais importantes escritores do século XX. A acompanhar a beleza do texto, Henrique Cayatte oferece-nos a beleza das ilustrações.

Ler mais
Metas Curriculares
Metas Curriculares

Os ebooks e audiobooks mais populares disponíveis na subscrição Kobo+e_Leya.

Ano de Edição / Impressão / 2009
Número Páginas / 48

Dimensões / 267 x 10 x 197 mm
ISBN / 9789722038683
Editora / DOM QUIXOTE
Autor
José Cardoso Pires nasceu em São João do Peso, Vila de Rei, em 1925. Concluiu o ensino secundário no Liceu Camões, em Lisboa, e inscreveu-se no curso de Matemáticas Superiores na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, curso que nunca concluiu.
Foi jornalista, tendo colaborado em vários jornais e revistas. Iniciou a sua atividade como escritor publicando, em 1949, o livro Os Caminheiros e Outros Contos. Depois seguiram-se, até 1997, ano em que publicou a sua última obra – Lisboa, Livro de Bordo – mais 17 livros, distribuídos por diversos géneros literários – conto, romance, crónica, ensaio, teatro.
A sua obra literária não é redutível a uma escola literária definida. Ela coloca-se entre o surrealismo, o neorrealismo, e sofre uma forte influência da linguagem cinematográfica, bem como de alguns escritores norte-americanos, nomeadamente Ernest Hemingway. As suas obras valeram-lhe vários importantes prémios literários nacionais e internacionais, nomeadamente o Prémio da União Latina, o Prémio Dom Dinis, o Grande Prémio APE, o Prémio Pessoa, entre outros. Várias das suas obras foram traduzidas para outras línguas e adaptadas ao cinema e ao teatro.
José Cardoso Pires morreu em Lisboa em outubro de 1998, com 73 anos de idade.