Sinopse
«A RARET parece ter sido um segredo bem guardado e, de um fôlego, duas obras de natureza aparentemente diferente [o presente livro e a série Glória] nasciam sob um mesmo tema que tinha estado na sombra demasiados anos. É difícil compreender como um complexo de duzentos hectares, onde trabalhavam cerca de quinhentas pessoas, para além das muitas crianças e jovens que frequentavam a escola, e que funcionou durante mais de quarenta anos, poderia ser desconhecido da opinião pública ou mesmo dos historiadores que se dedicam à investigação da nossa história recente.» Pedro Lopes, in «Prefácio» A 19 de dezembro de 1950 o embaixador dos Estados Unidos em Portugal foi recebido em audiência pelo presidente do Conselho de Ministros, Oliveira Salazar. A audiência tinha dois objetivos: por um lado, revelar às autoridades portuguesas os esforços realizados pelos Estados Unidos no combate à expansão do comunismo na Europa e, ao mesmo tempo, convidá-lo a participar nessa luta, autorizando a construção de um centro de retransmissão Radio Free Europe (RFE) em Portugal. A RARET tinha como objetivo retransmitir, a partir do Centro Emissor da Glória do Ribatejo, as emissões da RFE, organização patrocinada pelo National Committee Free Europe (NCFE), fundado nos Estados Unidos em 1949, financiada pela CIA e pelos fundos angariados pela Cruzada pela Liberdade. A adesão das autoridades portuguesas à iniciativa americana colocou Portugal no epicentro de um combate hertziano que envolveu os dois blocos ideológicos da Guerra Fria ao longo de quarenta e cinco anos.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789724425399
  • Editora: EDIÇÕES 70