Sinopse
A figura de Marcelino da Mata desencadeou um debate público, feroz e inconsequente entre alguma esquerda e uma certa direita no qual o militar mais condecorado da História portuguesa ora surgiu como herói, ora como vilão.
Mas esse debate, em vez de radicalização, merecia serenidade, clarificação e conhecimento. Implicava, mais do que uma biografia de Marcelino, uma discussão sobre a guerra, o período revolucionário, o fim do império colonial, o racismo, o nosso legado na África independente e a procura de respostas e dos consensos possíveis em temas tão sensíveis.
Depois da efémera e tribal discussão que se gerou na sociedade portuguesa após o falecimento do tenente‑coronel, Nuno Gonçalo Poças traz-nos, em O Fenómeno Marcelino da Mata, uma apologia da moderação e lança as bases para um debate desapaixonado sobre episódios do nosso passado recente.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789896613440
  • Editora: CASA DAS LETRAS
  • Ano de Edição / Impressão: 2022
  • Dimensões: 234 x 157 x 14 mm
  • Páginas: 208
O autor
Advogado formado na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, é casado e tem duas filhas. É revisor do Internacional Journal of Business Strategy and Automation, da IGI Global, revista científica norte-americana, onde publicou sobre Ética e Responsabilidade Social nas Decisões Judiciais. É colunista no jornal Observador, onde também escreve ensaios sobre políticas públicas e História contemporânea. É autor do livro Presos por um Fio – Portugal e as FP-25 de Abril (Casa das Letras, 2021).
Ler mais Ler menos