Sinopse
Um retrato das enormes mudanças em curso na sociedade chinesa, pelo correspondente da Lusa em Pequim. «O aeroporto de Pequim é hoje o segundo mais movimentado do planeta, à frente de Londres ou Nova York, e grande parte dos produtos que usamos diariamente - os originais, as cópias e as imitações - são Made in China. O mais surpreendente, no entanto, é o ritmo com que essas «coisas» aconteceram e estão ainda a acontecer. "A velocidade na China é cinco vezes mais rápida do que na Europa", diz uma jovem arquiteta portuguesa que trabalha num atelier britânico estabelecido em Pequim.»
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789722052313
  • Editora: DOM QUIXOTE
  • Ano de Edição / Impressão: 2013
  • Dimensões: 235 x 155 x 14 mm
  • Páginas: 208
O autor
António Caeiro nasceu em 1949, em Moscavide, arredores de Lisboa. Antes de se tornar jornalista profissional, em 1975, trabalhou numa companhia de seguros, foi vendedor de jornais e rececionista de hotel.
Como repórter, ao serviço da agência Lusa, viveu mais de vinte anos fora de Portugal, primeiro em Cabo Verde e depois na China.
Em 2012, foi condecorado com a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique pelo “contributo ao jornalismo e à aproximação entre Portugal e a China”.
Ler mais Ler menos