Sinopse
Este livro é uma viagem sem retorno aos dias infernais da mais recente história de Itália. Relata-nos quarenta anos de relações secretas, ocultas e inconfessáveis, entre a política e o mundo da máfia, entre o Estado e a Cosa Nostra. O eixo da narrativa centra-se na história de Vito Ciancimino, «Dom Vito de Corleone», o grande protagonista da vida pública siciliana e nacional no segundo pós-guerra, personagem discutível e discutida; durante décadas, ponto crucial de todos os enredos ocultos desenvolvidos entre a máfia, instituições, negócios e serviços secretos. Há hoje uma testemunha que rasgou o véu dos mistérios de Dom Vito: Massimo, o penúltimo dos seus cinco filhos, aquele que durante anos esteve mais próximo dele e que o acompanhou através de inúmeras dificuldades e situações perigosas. O seu relato ¿ que este livro regista pela primeira vez, sem mediações, enriquecido pela reprodução de documentos originais e fotografias ¿ reescreve páginas fundamentais da história italiana: o «saque de Palermo»; o nascimento da Milano 2; Calvi e o IOR; Salvo Lima e a ala andreottiana na Sicília; os massacres de 1992; a «Negociação» entre o Estado e a Cosa Nostra; a captura de Totò Riina; a protecção de que gozava Provenzano; a fundação da Forza Italia e o papel de Marcello Dell¿Utri; a perene e inquietante presença dos serviços secretos em cada passagem relevante da história de Itália.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789722044745
  • Editora: LIVROS D'HOJE
  • Ano de Edição / Impressão: 2011
  • Dimensões: 236 x 155 x 21 mm
  • Páginas: 328