Sinopse
A morte acenou-lhe, por mais de uma vez, ao longo dos anos, levando-a gradualmente a tomar consciência de que esta vida efémera não é a verdadeira vida e existe outra, eterna. Portanto, o poder da morte é menos forte do que o da vida que em nós existe.
Neste livro, Maria José Costa Félix fala - directa e indirectamente - da possibilidade que todos nós temos de continuar vivos, mesmo quando confrontados com uma experiência de perda: de alguém de quem gostamos ou de alguma coisa a que estamos ligados. Convida assim o leitor a acreditar na vida sempre possível para lá de qualquer espécie de morte que venha ter com ele. Na possibilidade que tem de a enfrentar e como que dizer-lhe: mesmo que me afastes de quem eu amo, me tires algo a que estou agarrado, a saúde ou até este corpo meu conhecido, sei que tudo isso é apenas parte da minha vida. A pessoa querida que morreu continua comigo, apesar de eu já não poder tocar-lhe. Não desaparece da minha vida. Isto que perdi faz-me descobrir algo que me está a ser dado e em que eu ainda nem tinha reparado.
Afinal, não estaremos nós tantas vezes a morrer de alguma forma e a renascer para algo que desconhecemos?
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789895555413
  • ISBN do Ebook: 9789895557202
  • Editora: OFICINA DO LIVRO
  • Ano de Edição / Impressão: 2010
  • Dimensões: 236 x 156 x 10 mm
  • Páginas: 4