Sinopse
Vasco Pulido Valente é, de longe, o colunista mais influente do país – escreve sobre políticos e sobre partidos; sobre economia e sobre empresários; sobre pequena e grande corrupção; sobre terrorismo e sobre religião; sobre desporto, jornalismo, educação e costumes.
E é o colunista mais influente do país há muito tempo. Nas crónicas reunidas em De Mal a Pior, escreve sobre inúmeros primeiros-ministros, sobre vários presidentes da República, sobre três papas.
Escreve também sobre si próprio. 
Vasco Pulido Valente recusa aceitar mansamente a forma como o Estado pretende mandar na vida de todos, proibindo o tabaco, combatendo a comida pouco saudável ou forçando cada pessoa a zelar pelo seu corpo, quer queira quer não. Ao constatar que, na sociedade actual, «o indivíduo morreu», protesta e lamenta: «Não fui feito para isto».
Nada que deva espantar muito. Num outro livro de crónicas, Vasco Pulido Valente já tinha avisado: «Eu sempre fui assim». 
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789722060691
  • Editora: DOM QUIXOTE
  • Ano de Edição / Impressão: 2016
  • Dimensões: 235 x 157 x 34 mm
  • Páginas: 544

PROMOÇÕES ATIVAS

NATAL - 20% a 50% desconto em TODOS os livros

BOOKTRAILER

O autor
Vasco Pulido Valente é licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras de Lisboa. Doutorado em História pela Universidade de Oxford. Reformado do Instituto de Ciências Sociais. O resto veio quase tudo nos jornais. E o que não veio não deve vir.
Ler mais Ler menos